Happy Birthday Fashion, ADAL! by @GRAfly

(Marca registrada até nos looks. "Sempre que faço um croqui, já o imagino na passarela, como será essa passarela e o que a modelo teria que fazer na passarela." Segundo ele, o croqui acima foi destaque no curso de férias "Introdução à Tendência de Pesquisa de Moda" ministrado pela professora Flávia Spineli, da Universidade Estácio de Sá no Rio de Janeiro, onde a estilista do sul Mariana Vianna tornou-se amiga de Adal, gostou do estilo e deu vários conselhos ao mesmo, resultando numa visita à cidade de Curitiba no Paraná, uma semana depois que ele terminou os cursos.)


Em 15 de dezembro de 2005, Adal Vieira esboçava seu primeiro croqui em um dos cômodos de sua casa. Sonhando, calado e sempre na sua como ele próprio me descreveu, ele não mostrava seus esboços nem mesmo aos pais. Segundo ele, no começo era uma questão de encontrar sua amiga imaginária, através de desenhos e depois, ele que, já amava esse universo fashion foi se dedicando especialmente aos desenhos de moda. Nos primeiros croquis, curvas avantajadas, um corpo que, de sua musa Gisele Bündchen nada tinha. As formas eram daquelas mulheres do século XXI... bem avantajadas. Ele conta que, o principal incentivo partiu de tios, aos quais, o seu relacionamento era um pouco distante (coisas de Adal e de adolescente): Horácio Vieira e Maria José foram os responsáveis por aquele pontapé inicial e ele ficou tão animado que a partir daquele dia sua visão em relação aos tios e à moda mudou como num piscar de olhos e naquela mesma semana de dezembro desenhou vários looks, inclusive um para sua tia, que no mesmo dia já o ajudara a se identificar e pediu um look ao sobrinho. Segundo Adal, seu relacionamento com os tios, suas idealizações e seus conceitos começaram a mudar a partir dali. "Eu havia acabado de descobrir uma resposta para aquele sentimento de repulsa e às perguntas, que eu tanto me fazia do que eu realmente desejava ser.", expressava-se Adal em uma de nossas conversas. Com isso, ele foi se aperfeiçoando e a partir daí não mais parou. Risos, descrença e outras ironias foram comuns no seu dia-a-dia, tanto de amigos, quanto de familiares e desapontado dizia que “No começo quase ninguém acreditava realmente, que era eu quem havia desenhado. E às vezes eu me perguntava, o porquê? A maioria dos amigos e familiares já sabiam que eu sempre fui fascinado pelo mundo das artes... uma hora eu tinha que me descobrir, não é mesmo?”. Contudo, os tempos mudam e meu amigo Adal vai bem, obrigado! (Acima, à esquerda, o primeiro croqui de Adal e à direita, mais um croqui de quando tudo começou. Observem que, no começo ele usava folha de caderno e não folha A4 ou a recomendável para desenho de moda. Nestes dois croquis começava a idealizar o nome de sua marca proposto por sua tia. Nos primeiros desenhos, inspirações são comuns encontrar. segundo o estilista, ele começava a idealizar suas formas... então olhava muito o corpo de suas musas.)


Polêmico? Ousado? Diferente? Criativo? Inteligente? Responsável? Bom... Pra quem chegou a ler a última matéria antes dela sair do ar por uns tempos, deve ter notado que é a primeira vez que o vi ser tão direto. Porém, todo mundo que se dedica a esse mundo das artes, sempre encontra uma pedra no meio do caminho. Com ele não foi diferente. Mas, desde que o conheço sei o quanto ele é responsável ou o tenta ser e não gosta daquelas certas injustiças. E antes expressar-se, do que passar uma vida inteira guardando aquele ressentimento.
Demoramos a ter uma amizade mais duradoura um com o outro. Reservado, ele dificilmente se abre em conversas e começa falar à respeito da sua vida. Isso o torna, ás vezes, meio indecifrável. Entretanto, um amigo muito especial.
Poses? Acho que passou a faculdade fazendo. (risos) Adorava bancar o modelo, apesar de sempre deixar claro que, não tinha corpo pra isso e que gostava mesmo era de brincar em frente a câmera.
Narcisismo? Talvez sim, talvez não! "Sou aceitável, nada mais. Acho que todo mundo tem que se achar bonito ou algo em si que ache bonito. Gosto dos meus olhos e da minha barriga. O cabelo nem posso falar mais... (risos) Queria ser mais alto e ter um pouco mais de corpo, mas, já que não o sou... Gosto de mim assim.", disse Adal aos risos em um certo dia na pizzaria Colombos em carangola/MG, onde Pastor Jair, nosso colega da turma de Letras, dizia querer ter o corpo dele.
E é claro, fotografar é outro hobbie de Adal. Tanto fotografar os outros quanto a si próprio. (e isso percebe-se na foto acima que, o próprio enviou-me para postar aqui.)


aDaL by aDaL - A TRAJETÓRIA



(Acima, três das quatro apostilas de croquis de Adal Vieira. Na primeira, quando tudo começou, a frase e o amor por Gisele Bündchen já se encontravam explícitos. Utilizou-se da frase da modelo para também explicar-se: "Cada um cria sua própria moda". "Cada um deve usar o que gosta e aceitar o que é. Não adianta querer usar o que está ofertando a moda se não dá certo pra você", explica-se. Já a segunda apostila, o tributo a Gisele permaneceu e são várias as semelhanças de rostos com a top em seus croquis nessa segunda apostila. No terceiro caderno de desenhos ele começa a ampliar-se nas suas visões e no conceito de moda. Já o quarto caderno de desenhos, que ainda se encontra com alguns desenhos apenas esboçados ele traz Linda Evangelista na capa e reconhece novos rostos. Uma fase de eventos sociais onde ele cursou cursos de férias na área da moda, aprendeu novas técnicas e os padrões de croqui e passou a desenhar somente coleções e nada mais de apostilas. Depois disso, muito corre-corre, trabalho e quase sem tempo para desenhar.)

Hoje, no dia que completa cinco anos de egresso de vez no universo fashion, ele já fez o que muitos por aí sonham em fazer. Como passei boa parte dos últimos anos em companhia dele, posso dizer que o conheço muito bem. Graduo-se em Letras pela UEMG - Favale Carangola em 1º de julho do presente ano, onde ganhou uma fada madrinha daquelas. Desde o primeiro período de faculdade, sempre o via mostrando a Mrs. Lizabeth Caldeira suas pastas de croquis no findar da aula e cada vez ele chegava com uma novidade. E para quem conhece Lizabeth Caldeira sabe bem o que é a elegância em pessoa. Ela sempre confiante desejava sucesso ao mesmo e o incentivava a não parar por ali. Também não foi novidade que Beth foi quem deu aquele empurrãozinho para ele ir parar na cidade maravilhosa cursar alguns cursos de férias na área da moda. “Conheci pessoas maravilhosas a começar por Emeli, Dra. Ludovina, a Mari Viana lá da terra da Gi e os professores da área de moda...Eu fui com a intenção de cursar os cursos de férias da Estácio e é claro dar uma ida à praia e acabei conhecendo o Rio de Janeiro de uma forma que nem mesmo eu esperava. Kerem, Emeli e principalmente Dra. Ludovina me acolheram de uma certa forma que eu jamais irei esquecer. Acabei por ali aprendendo novos valores, significados e percebi o quanto é mais saudável dizer um bom dia sem pensar no que o outro pode lhe oferecer... Acho que depois disso eu realmente vou acreditar em conto de fadas." E quando nosso assunto é Lizabeth Caldeira, Adal trata logo de se explicar sempre: "Já Beth, nem comento. Devem andar dizendo por aí, que sou super "puxa-saco". Sempre falo dela no blog e com as pessoas mais próximas justamente pelo carinho, a amizade, o incentivo, a educação, a força e a elegância. Ela é divina e fashion! Há quem a ache exagerada no que usa. Que nada! Qualquer semelhança entre Costanza Pascolato, a personal stylist mais respeitada do Brasil e Lizabeth Caldeira, não é mera coincidência. Quando as duas chegam em eventos, são destaque. Além do look, make up, é como se elas irradiassem elegância, fineza e um banho de palavras por onde passam. Acho que todos que foram alunos dela, pensam bem parecido comigo.




A cada ano no dia em que completa mais um aniversário fashion, Adal esboça um desenho que explique sua fase. No primeiro, chamado por ele de "Fashion Cranium" representa um período de descobertas, rejeição e o sonho à flor da pele. . No segundo look, que conta seus três anos fashion, ele traz um look mais leve e com os padrões mais exatos de desenho, que foi concretizado em 2008 "Live the Life. Cause the Life is beauty!" , um período que o próprio dizia estar de bem com a vida.



Já neste croqui, o look do ano passado, onde depois de conhecer o mundo fashion bem de pertinho ele transferiu para o papel, o glamour, a vaidade e o poder "The power isn't everything. Live the simple moments of the life!". E pelo o que ele me disse, este ano ele desenhará um look para cada letra do seu nome. Onde em cada um, virá as principais características desses cinco anos fashion. Quanto ao segundo ano, não me foi enviado o look.




Aqui, uma breve inspiração na alta costura. Ele ama desenhar looks extravagantes. Sempre o vejo falando de monsieur Dior, Prada, Versace e mademoiselle Coco Chanel.


Não é segredo que Adal adora os desfiles da grife de lingeries Victoria's Secret e adoraria poder ser stylist da grife de tanto que comenta. Neste look, que pôde ser visto exposto no mural "Nostalgia", que o mesmo e Jaque Emerick montaram na faculdade, ele utilizou-se das tradicionais asas da grife V.S.. "Tem uma borboleta lá no sítio do meu pai que eu sempre quis desenhar algo com ela. Aproveitei a oportunidade.", explica Adal. A espécie é conhecida como Morpho Menelaus Tenuilimbata.




Looks masculinos não é muito o seu forte e ele deixa claro para quem o pede. Mas, de vez em quando aparece com algum look. "Nada com extravagância, nem exageros. Não gosto. Gosto da teoria da Dior - tem que causar impacto". Já em outro plano, ele utilizou-se várias vezes do look denominado por ele "A Mulher e o Tempo" para explicar seus pensamentos a respeito da mulher e suas teorias. pra quem não leu é só acessar o link abaixo.

http://fashion-adalvieira.blogspot.com/search?updated-min=2010-03-01T00%3A00%3A00-03%3A00&updated-max=2010-04-01T00%3A00%3A00-03%3A00&max-results=2



Quem assistiu ao teatro "Fausto - Goethe" exibido em 17 de junho de 2009 no Salão Nobre Paulo Machado da UEMG - Favale Carangola viu Adal Vieira e Vivi Silva nos looks dos croquis acima. Ele vivenciou o personagem Mefistófeles dentro e fora do teatro. "Adorei estudar Goethe, uma pena que tudo passa tão rápido." Assim como os looks de Adal e Vivi, foram esboçados outros sete looks para demais personagens, inclusive para Dra. Lídia maria Nazaré Alves, a professora responsável pela produção do teatro. Contudo, apenas os dois looks foram confeccionados com êxito. Os outros looks sofreram alterações e alguns foram inspirações para que o restante dos atores conseguissem algo parecido. (Ao lado Adal Vieira e Vivi Silva vivem no palco, os personagens Mefistófeles e A Feiticeira da obra Fausto - Goethe.)


Do Distrito de Pontões para o Calendário Oficial da Moda Brasileira


Desde janeiro de 2009 que, adal vieira não perde uma semana de moda que seja do Fashion Rio. Aproveita sempre para rever as tops do momento: Daiane Conterato, Andressa Fontana, Flávia Lucini entre outras.



(Renata Kuerten, Isabeli Fontana, Carol Trentini e Izabel Goular na capa da Rolling Stone de março deste ano)

Ele tem apenas 21 anos e já esteve com as superpoderosas do momento e mais uma carretada de artistas e top models. Nossas tops of mind Izabel Goulart, Carol Trentini, Ana Beatriz Barros, Ana Claudia Michels e Isabeli Fontana são alguns dos nomes a citar e se já não bastasse elas, Adal e a top model e apresentadora Ellen Jabour se esbarram nas edições do Fashion Rio e é claro FLASH! O carinho de Adal por Ellen parece ser igual ao que ele tem por Gisele Bündchen. “Elas são muito idênticas. Só que Ellen parece ser muito mais humilde e simpática.” Ellen parece sempre retribuir este carinho. Nas última edição após um pedido de Adal quanto à uma coleção, Ellen pediu-o que mantivessem o contato pelo facebook. E por aí a demanda vai...

"Você já tem um book comigo guri." disse Ellen, segundo Adal que, escreveu em seu orkut em uma de suas fotos com Ellen Jabour.


Giovanni Frasson é outro nome com quem Adal acabou se esbarrando no Fashion Rio e dessa vez ele conta que foi sem querer. “Quando me encontrei com a Ana Claudia Michels, resolvi registrar o momento e acabou que foi ele quem nos fotografou depois de uma série de perguntas a mim. A top ainda fazia uma brincadeirinha me dizendo para eu rezar pra não pegá-lo na área da moda e dava risos... depois esclareceu que era tudo brincadeira. Conversamos um pouco mais, depois agradeci é claro e parti para a sala de desfiles.”, diz Adal.




(Adal Vieira em dois momentos com a angel da Victoria's Secret Isabel Goulart e ao centro com a também angel Isabeli Fontana.)



(Aqui, com... a queridinha da poderosa editora-chefe da revista VOGUE América, que inspirou o filme "The Devil Wears Prada", Anna Wintour... a top model Carol Trentini. Ao centro Com Ana Beatriz Barros e em uma terceira pose com a modelo Renata Kuerten.)




Do estilo Dior à Chanel. Adal Vieira vai aos poucos definindo o seu estilo. "Antes eu achava que todos os estilistas deviam desenhar igual. Daí uma professora do curso de férias me explicou que isso não existe. Temos que seguir alguns padrões pra deixar nossos desenhos melhores, aproveitar a folha e saber o que está fazendo. Ela me disse que os desenhos dela tinham uma mão enorme. Acho que em meus desenhos valorizo tudo bem tracejado. Já tentei diminuir, mas não consigo. Eu viajo para terras longínquas quando desenho. E às vezes falo até sozinho... (risos) Já até acostumaram me ver conversando sozinho lá em casa.", conta Adal.



(Look da coleção de lingeries Special Adal Three Years de dezembro de 2008 onde Adal utilizou-se da técnica comum de seus desenhos. Preto e branco e ainda acrescentou umas peninhas para adornar um pouco mais o look.)

Adal Vieira tem buscado se renovar e promete não parar por aí. Aquele garoto espevitado da faculdade, que já esteve com Alice Dellal, uma espécie de uma nova Kate Moss e mais um casting inteiro de tops e atrizes pra não ter que ficar aqui comentando, aprendeu novas técnicas de desenho, como ao lado, a técnica da caneta nanquim. É um look de sua primeira coleção que montou em julho de 2008 e é inspirada no estilo Navy... e sempre com um estilo sexy. Já no croqui abaixo, compõe primeira coleção colorida, onde cores fortes, maquiagem com uma tendência futurista completa sua primeira coleção em cores. Assim como essas técnicas de desenho para uma produção de uma coleção, existem várias outras para a área da moda. Contudo, nâo se esqueçam que sempre antes de montar qualquer coleção é bom estudar o que se pretende abordar. Adal já deu o recado na matéria anterior. Resta agora quem se interessa pela área ou fará algo parecido não esquecer de pesquisar e saber bem o que está fazendo.



AS PRIMEIRAS CRIAÇÕES DE ADAL VIEIRA



(Vivi Silva em frente e verso e ao centro o croqui do look usado pela mesma no mini ADAL FASHION SHOW. Ela foi a primeira a usar o vestido chamado por Adal de "Longo a La Oscar". Já no Special ADAL - Save Our Planet Genaína Costa foi a escolhida para fechar o desfile e exibir novamente o look.)



Neste ano, Adal Vieira teve a ousadia de tirar do papel não um, mas vários looks e confeccioná-los para a apresentação de um mini fashion show de moda reciclável. Teve o apoio de amigos, patrocinadores e aqueles que realmente acreditam no trabalho do próprio. Foi tão vindouro o ano de 2010 para nosso estilista que está sempre se desdobrando nos compromissos e agora ele está providenciando sua documentação para um passeio futuro no próximo ano nos EUA.

De lá para cá, falou-se muito por aqui na questão da reciclagem encerrando os desfiles na cidade de São João do Manhuaçu no sábado dia 4 de dezembro. Eu não pude comparecer, mas me expliquei com Adal. Só lastimo, a falta de receptividade, uma vez que, ele comentava tão bem a respeito da cidade e do evento ao qual foram participar. Mas, águas passadas não movem o moinho. Então, bola pra frente. (Ao lado o comentado look "Noiva de Jorna" usado primeiramente por Yasmin Sousa em outras versões e nesta última edição de moda reciclável de Adal foi usado em uma versão mais justo por Thamires Santos.)




(Iasmin Sousa em duas poses com o look. Uma no ADAL FASHION SHOW e na outra onde tive a oportunidade de conhecê-la, na UEMG - FAVALE Carangola, modelando para o trabalho de conclusão de Curso de Adal Vieira.)




Outro look famoso é o mini em reportagens. Thaís Marques, a primeira garota propaganda da marca ADAL foi quem usou primeiramente o look. O look foi adaptado do croqui original (ao centro) para ficar mais sexy e valorizar o colo da mulher. Depois, num outro momento Sirlene Ferreira reapareceu no Special ADAL usando o mesmo look na passarela antes do desfile oficial.

Jaque Emerick X Adal Vieira


Parece coincidência, mas nada é por acaso.
Adal e Jaque Emerick se conheceram na segunda semana de aula na faculdade e depois disso não se desgrudaram mais. Desentendimentos, nunca foram motivos suficientes para afastar os dois. O próprio mencionou isso um dia e apesar de terem certas opiniões contrárias, sempre se dão bem no que fazem. Traduziram e escreveram o teatro Fausto - Goethe, interpretaram o mesmo e a convite de Jaque, Adal reviveu o personagem Mefistófeles para interpretar uma de suas poesias no concurso de Poesia da Casa de Cultura de Manhumirim, para o Festival de Inverno. Abocanharam o segundo lugar, mas digno de ser anunciado semanas depois como primeiro lugar numa conferência de Cultura. Já não bastasse isso tudo, Jaque é eleita para representar Manhumirim na Conferência Estadual e lá foi ela.

Parece filme... Caçadores de Aventura. Mas, não é. E como nada realmente é por acaso, o dia em que nosso estilista sopra as velinhas fashion, Jaque Emerick completa mais um ano de vida. E parece que os dois já marcaram algo para comemorar esta data: jantarzinho para colocar as novidades em dia. Já nessa mesma semana, nossa turma de faculdade terá um momento nostalgia também. É que foi marcado um reencontro com todos os integrantes da turma na próxima sexta-feira e os dois devem aparecer por lá. Bom... nada como um tempo pra respirar, dialogar, relembrar e dar boas gargalhadas.

Felicidades aos dois e sucesso! Talvez nós nos vemos na próxima sexta-feira.

Matéria: Grazi Creton, colunista oficial do blog
Citações, alguns comentários e ajustes: Adal Vieira

6 comentários:

VANESSA disse...

TioOOO.. A matéria ficou ótima Parabéns..Lembro de tudo isso como se fosse hoje...
Sempre achei que eu também ia ter ideias fantáticas como o senhor tem...Mas não é todo mundo que tem ideias como o senhor ne... Achava e continuo achando lindOO as roupas que o senhor desenha.
Parabéns pelo seu empenho nesses 5 anos..
Continue sempre assim.
Beijoss

Thainaraaa disse...

Parabéns Adal
E tenha certeza que o sucesso so esta começando e que tera mt mt pela frente. Estou torcendo!

Yasmin disse...

Adal meu ídolo, Parabééns ! Vc sempre arrasa, seus desenhos são os melhores =D
Muiiito sucesso pra tii !!

Adalberto Vieira da Silva disse...

Obrigado a todas vocês pelo carinho!!! Merry Christmas and Happy New Year for all!

daiene disse...

Adal seu Blog esta perfeito,Vivi esta arrasando ,meus parabéns você merece tudo de bom e muito sucesso.

Leanne disse...

Adal meus parabéns, voçê merece todo o sucesso do mundo. By: Sirlene

Postar um comentário

Copyright © aDaL by aDaL